Nos últimos anos tem-se assistido a uma crescente importância política dada à utilização da bicicleta em meio urbano impulsionado pela necessidade de mobilidade mais sustentável e comportamentos mais saudáveis. Ao mesmo tempo, assiste-se também ao aumento da investigação no uso da bicicleta direcionada ao incentivo da mudança modal. Até agora, a investigação tem-se centrado nas “cidades-campeãs” (com repartição modal da bicicleta superiores a 20%). Por outro lado, as “cidades-principiantes” parecem estar numa situação particularmente desfavorável, não tendo tradição de uso da bicicleta nem conhecimentos técnicos, com pouca investigação especificamente focada nos seus problemas e soluções. Neste contexto, o projeto “BooST – Impulsionar a Bicicleta em Cidades Principiantes” concentra-se em cidades-principiantes e visa disponibilizar conhecimentos técnicos específicos que permitam dar o primeiro impulso na utilização da bicicleta.

 

O projeto está a desenvolver um Roteiro para Cidades-Principiantes no uso da bicicleta que fornece um conjunto de ferramentas de apoio ao planeamento, incluindo um modelo de avaliação do Potencial Bruto para a Bicicleta (GPC), um modelo de avaliação do Valor Económico para a Bicicleta (EVC) e um modelo Selecionador de Medidas para a Bicicleta (SMB) mais adequadas a cidades-principiantes.

O Roteiro para Cidades Principiantes e as suas ferramentas serão disponibilizados sob a forma de um manual, de uma página Web interativa e através de vários workshops envolvendo autoridades locais e outros stakeholders. Juntamente com um ranking de cidades-principiantes nacionais (de potencial bruto), o projeto irá capacitar a política local com conhecimentos técnicos e argumentos contra as atitudes mais céticas.

 

O projeto reúne vários peritos na área e capitaliza de investigação prévia na gestão da mobilidade no Centro de Investigação do Território Transportes e Ambiente (CITTA), na promoção da bicicleta na Universidade de Aveiro (UA), com vários projetos em curso e atividades implementadas no terreno, e ainda na vasta  experiência da Federação Europeia de Ciclistas (ECF).

 

Equipa de Investigação

Cecília Silva

Professora auxiliar da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) e investigadora senior do CITTA – Centro de Investigação do Território Transportes e Ambiente. A sua atividade científica abrange as áreas da Gestão da Mobilidade, Medidas de Acessibilidade e ferramentas de apoio ao Planeamento. Recentemente, a sua investigação tem-se debruçado sobre a utilidade de ferramentas de apoio ao Planeamento, em especial, envolvendo os profissionais de planeamento (potenciais utilizadores destas ferramentas) no desenvolvimento e avaliação destas ferramentas.  
  • Location: CITTA/ FEUP
  • Website: Link

José Carlos Mota

Professor Auxiliar no Departamento de Ciências Sociais, Políticas e Territoriais da Universidade de Aveiro. É o diretor do Mestrado em Planeamento Urbano e Regional, é membro da Plataforma Tecnológica de Mobilidade de Bicicleta e Mobilidade, e coordenador do projeto U-bike da Universidade de Aveiro. Está envolvido em projetos de planeamento colaborativo e promoção da mobilidade sustentável.

  • Location: GOVCOOP/ UA
  • Website: Link

Frederico Moura e Sá

Urbanista, Doutor em Arquitectura (FAUP), Mestre em Planeamento do Território (UA) e Licenciado em Engenharia Civil, Opção de Planeamento do Território (FEUP). É Professor Auxiliar Convidado na UA e está envolvido em diversos projetos nas áreas do planeamento urbano e da mobilidade, da reabilitação urbana e da qualificação de espaços públicos. É sócio-gerente da empresa UEST desde 2017.

  • Location: GOVCOOP/ UA
  • Website: Link

Isabel Cunha

Isabel Cunha é Mestre em Planeamento e Projeto Urbano (Faculdade Engenharia da Universidade do Porto – FEUP) e Licenciada em Arquitetura e Urbanismo (Universidade de Brasília), investigadora do CITTA – Centro de Investigação do Território Transportes e Ambiente e estudante de Doutoramento no Programa Doutoral em Planeamento do Território – FEUP. As suas áreas de investigação atuais são a Gestão da Mobilidade, Acessibilidade, Mobilidade ciclável, Planeamento urbano e sustentabilidade.

  • Location: CITTA/ FEUP
  • Website: Link

João Pedro Ferreira

Doutorado em Sistemas Sustentáveis de Energia pela Universidade de Coimbra num programa desenvolvido no âmbito da iniciativa MIT-Portugal, com foco especial em mobilidade, economia do transporte, sustentabilidade e políticas urbanas e regionais. Investigador na Escola de Planeamento e Politicas Publicas da Universidade de Rutgers, Nova Jersey, EUA e na Universidade de Aveiro, envolvido em estudos de viabilidade de sistemas de bicicletas partilhadas e outros projetos de consultoria.

  • Location: GOVCOOP/ UA
  • Website: Link

Catarina Isidoro

Mestre em Planeamento Regional e Urbano pela Universidade de Aveiro e licenciada em Geografia pela Universidade do Porto.  Colaborou em projetos nacionais e internacionais, focados na mobilidade sustentável e na promoção a participação da pública no planeamento, incluindo: U-bike Universidade de Aveiro e o CPIP – Participação da Comunidade no Planeamento.

  • Location: GOVCOOP/ UA
  • Website: Link

Joana Marques

Doutorada em Sociologia (Universidade de São Paulo), Mestre em Economia Social e Solidária (ISCTE-IUL), Licenciada em Sociologia (Universidade do Porto & Universidade de Bergen). A sua trajetória foi desenvolvida na pesquisa de diferentes formas de transformação e equidade social, através de diversos enfoques como políticas públicas, trabalho, cultura, ação coletiva, educação e, atualmente, mobilidade urbana. É investigadora do CITTA – Centro de Investigação do Território Transportes e Ambiente e colaboradora no Centro de Investigação e Estudos em Sociologia (CIES/ ISCTE-IUL).

  • Location: CITTA/ FEUP
  • Website: Link

Catarina Cadima

Catarina Cadima é Mestre em Planeamento e Projeto Urbano (Faculdade Engenharia e de Arquitetura da Universidade do Porto – FEUP e FAUP) e Licenciada em Arquitetura (FAUP), investigadora do CITTA – Centro de Investigação do Território Transportes e Ambiente e Doutoranda em Planeamento do Território na FEUP. As suas áreas de investigação atuais centram-se no impacto do planeamento do território nos padrões de mobilidade. Detém um interesse específico na promoção do transporte ativo em instituições de ensino, no futuro da mobilidade, na evolução dos processos de tomada de decisão e nas ligações entre estratégias de transporte, sustentabilidade e saúde.

  • Location: CITTA / FEUP

João Teixeira

Mestre em Engenharia do Ambiente (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – FEUP) e estudante de Doutoramento no Programa Doutoral em Planeamento do Território, tendo participado como bolseiro de investigação no projeto Generation.Mobi (CITTA). Como áreas de investigação atuais destaca-se a Gestão da Mobilidade, Mobilidade Sustentável e Planeamento & Transportes.

  • Location: CITTA/ FEUP
  • Website: Link

Luiza Bandeira

Recifense e estudante do curso de Licenciatura em Engenharia Civil pela Universidade de Pernambuco. In 2018, veio para a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) num programa de mobilidade académica, onde esteve no Departamento de Planeamento e, atualmente, colabora com o Projeto BooST. No Brasil, foi investigadora do INCITI – Centro de Pesquisa e Inovação para as Cidades e é disseminadora da mobilidade ativa e inclusiva, almejando o futuro da mobilidade urbana mais sustentável e cidades mais inclusivas.

 

  • Location: CITTA / FEUP

Tamara Bicalho

Mestre em Planeamento e Projeto Urbano (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto – FEUP), Licenciada em Arquitetura e Urbanismo (PUCGO – Pontifícia Universidade Católica de Goiás e GMIT – Galway-Mayo Institute of Technology) e Investigadora do CITTA – Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente. A sua investigação concentra-se na gestão da mobilidade, em ferramentas de suporte ao planeamento e no papel das atitudes na mobilidade urbana. Colaborou no projeto Generation.Mobi (CITTA) e atualmente colabora no projeto IPTC – Improving Public Transport Competitiveness versus the Private Car em parceria com o Norwegian Centre for Transport Research.

  • Location: CITTA / FEUP
  • Website: Link

Ana Mélice Dias

Mestre em Arquitetura (ISCTE-IUL) e Investigadora do CITTA – Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente, tendo colaborado no projeto SPLACH (DINÂMIA’CET-IUL). Interessa-se particularmente pelas transformações que atualmente estão a surgir na morfologia urbana influenciadas por ideais sustentáveis. As suas áreas de investigação abrangem o sistema alimentar urbano e, recentemente, a mobilidade urbana.

  • Location: CITTA/ FEUP

Miguel Lopes

Doutorado em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), o seu percurso de investigação iniciou-se com análise urbana a pequena escala, com a avaliação da performance de espaços públicos. Após uma passagem na área da consultoria, os interesses de investigação rapidamente evoluíram para focos de análise mais alargados e complexos, em temas como gestão da mobilidade e metabolismo urbano.
Atualmente é investigador no CITTA – Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente.

  • Location: CITTA - FEUP

 

Instituições

Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia (FEUP) & Universidade de Aveiro (UA)

                      

Centro de Investigação do Território Transportes e do Ambiente (CITTA) & Unidade de Investigação em Governança, Competitividade e Políticas públicas (GOVCOOP)

                                        

 

Parceiros

                              

 

Apoios

                 

 

Cidades

Amadora Lisboa Odivelas Trofa
Beja Loures Oeiras Valongo
Chamusca Machico Portimão Vila Nova de Gaia
Condeixa-a-Nova Maia Porto  
Fundão Marco de Canavenses Santa Maria da Feira  
Gondomar Matosinhos Tavira  

 

Financiamento

Este projeto (ref. ª POCI-01-0145-FEDER- 031479) é financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do COMPETE2020 – Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI) e com o apoio financeiro da FCT/MCTES através de fundos nacionais (PIDDAC).